Conheça a RN about us acerca-de-nosotros |   O que fazemos |   Notícias   |  Artigos   |  Contato
Morro Verde

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL INSERIDA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA, BEM COMO NA GERAÇÃO DE RENDA POR MEIO DA RECICLAGEM DE MATERIAIS E RESÍDUOS POLUENTES DE DIFÍCIL DECOMPOSIÇÃO

A entidade de educação ambiental Morro Verde tem o objetivo de fortalecer os vínculos entre os cidadãos das comunidades, pela mobilização de indivíduos para trabalharem em conjunto num projeto que visa diminuir a violência e promover a saúde da população. O impacto inicial da educação ambiental é local, mas objetiva atingir nível global e grande mobilização social, atingindo melhorias de indicadores de saúde e violência.

A primeira ação do projeto Morro Verde, em parceria com a Rodarte Nogueira, foi a de plantio e distribuição de mudas de árvores e plantas nativas (mexerica, abacate, manga, limão, ameixa, tamarindo, pitanga, cana-de-açúcar, laranja, citronela, maracujá doce, jambo, goiaba e castanheira) no mês de junho de 2012. Este processo foi realizado na Comunidade Carente do Morro das Pedras e foi feito em sua maioria por crianças e adolescentes moradores do local, os quais são responsáveis pela manutenção das mudas. Para tanto, o plantio foi realizado o mais próximo da casa das crianças e adolescentes participantes, de preferência no quintal das casas dos indivíduos (apesar de ser uma favela, muitas casas possuem quintal). Mesmo sendo uma atividade para a melhoria do ambiente, os órgãos públicos dificilmente autorizam o plantio de árvores frutíferas em regiões urbanas. Desta forma, o projeto passou a apenas doar a muda para quem tiver interesse em plantá-la, seja em quintais ou na zona rural.

 Outras ações já realizadas ou a realizar estão descritas a seguir:

 Reciclagem de vidros: No dia 17.06.12 colaboradores da RN estiveram na Comunidade Morro das Pedras, em Belo Horizonte, ocasião em que foram distribuídos aos moradores locais mais de 100 objetos feitos com reaproveitamento de garrafas de vidro e oferecidos sanduíches e refrigerantes. O próximo passo, detalhado mais adiante, foi o de ensinar aos moradores como fazer estes objetos. A Rodarte Nogueira ofereceu metade do valor da máquina de cortar vidros para realizar a reciclagem no Morro das Pedras, em conjunto com um morador da comunidade, que arcou com a outra metade do valor do equipamento.

Projeto Morro Verde faz sabão ecológico: O óleo de cozinha utilizado é um resíduo que provoca grande impacto no meio ambiente, e a maior parte das cidades brasileiras não possui uma forma adequada para descartar esse material. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, basta citar que o óleo vegetal é o responsável pelo entupimento de encanamentos (além de provocar graves problemas de higiene e mau cheiro); dificulta a entrada de luz e oxigenação, comprometendo assim, a base da cadeia alimentar aquática; também causa a impermeabilização do solo, contribuindo para o aumento do número de enchentes. Com a produção do “sabão ecológico”, esse problema é minimizado pelo fato de ele ter permanência de menos de 24 horas no meio aquático, sendo assim, extremamente biodegradável. A produção de sabão a partir de gordura é uma prática milenar e a Morro Verde, em conjunto com a Rodarte Nogueira, realizou um trabalho de reciclagem de óleo no restaurante Cozinha da Jane em BH no dia 19.07.12. Em 11.08.12 foi ensinado ao pessoal da comunidade Morro das Pedras a fazer o sabão, com outra receita, para efeito de comparação visando a melhor relação custo x benefício.

Em setembro de 2012 foi realizada, por orientação e apoio do Projeto Morro Verde, uma campanha de doação de eletrodomésticos em condições de uso, entre os colaboradores da Rodarte Nogueira, Oliveira Rodarte e Plurall, com o apoio do restaurante Cozinha da Jane e seus clientes. Foram arrecadados 2 aparelhos de TV, 3 sanduicheiras, 1 liquidificador, 1 cafeteira, 3 enceradeiras, monitores de computador, teclados, estabilizadores de energia, dentre outros.

Os aparelhos foram doados a moradores da comunidade Morro das Pedras, em BH, no dia 21.09.2012, quando foram instaladas 2 cooperativas no local: fabricação de sabão ecológico e de objetos de decoração feitos com aproveitamento de potes e garrafas de vidro. Os tabletes de sabão ecológico fabricados na comunidade em 11.08.12 foram embalados e colocados à venda no bar de um dos responsáveis pelas cooperativas, o que vai ajudá-lo a pagar a máquina de cortar vidros. Objetos de vidro já prontos foram doados pelo Projeto Morro Verde e também poderão ser vendidos para ajudar no pagamento da máquina. Na ocasião, Fábio Gontijo, da empresa Morro Verde, acompanhado do Cláudio, sócio da Rodarte Nogueira, fizeram uma demonstração a membros da comunidade de como utilizar a máquina de cortar vidros. Daí em diante caberá aos responsáveis tocarem essas duas cooperativas, mas o Projeto Morro Verde continuará supervisionando e dando o apoio necessário continuamente, pois muitas cooperativas acabam ´´falindo´´ por falta de apoio técnico e supervisão contínua.

O próximo passo é realizar essas oficinas na Comunidade do Querosene, região Centro Sul de BH. O projeto já conseguiu um espaço cedido por uma moradora da comunidade,  que possui a mesma disponibilidade para ampliar o projeto já realizado no Morro das Pedras.

Projeto Frutos do Morro: O Projeto de Extensão Frutos do Morro, da Faculdade de Medicina da UFMG, tem como objetivos a Promoção da Saúde e Paz, Prevenção da Violência entre jovens e adolescentes moradores de área de risco social em Belo Horizonte, e a articulação Universidade-Sociedade. O projeto possui 10 oficinas em escolas, principalmente próximas a comunidades carentes que realizam mediação de conflitos, produção de texto, capoeira, forró, dentre outras. A professora doutora da Faculdade de Medicina da UFMG, Elza Machado de Melo, é a responsável pelo projeto, que conta com 24 bolsistas estudantes da UFMG para realizarem as oficinas nas escolas.

O projeto possui parceria com a Morro Verde, com o intuito de realizar educação ambiental em cada uma das 10 oficinas. A Morro Verde, foi autorizada pela doutora Elza a buscar empresas interessadas em serem parceiras no processo de implantação da Educação Ambiental no projeto. A partir de outubro de 2012, a Morro Verde em conjunto com as empresas parceiras serão responsáveis pelo Jornal Mural, com publicação mensal sobre cada oficina do Frutos, divulgando as ações de Educação Ambiental dentro de cada oficina. Durante o mês de outubro a Oficina de Mediação de conflitos receberá assessoria em educação ambiental prestada pela Morro Verde.

  • Parceiros
Rodarte Noqueira
Av. Francisco Sales, 1614, 17º andar - 30150 224
Belo Horizonte, MG, Brasil

BH (31) 3346 0100